Notícias

Audiência Pública debate recursos previstos na LDO 2019

Outras 06/09/2018
Audiência Pública debate recursos previstos na LDO 2019
Fotos: Jacson Miguel Stülp Texto: Jacson Miguel Stülp Jornalista - MTb/RS 9.692 Assessor de imprensa | Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Sul

Uma audiência pública foi realizada pela Câmara de Vereadores na manhã desta quinta-feira, dia 6, para debate pelo legislativo, da Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2019. Além dos recursos previstos, o orçamento será de R$470.998.276,09, dos quais R$ 167.201.172,99 são de recursos livres e R$ 303.797.103,10, de recursos vinculados, foram debatidas algumas áreas em que se sente a necessidade de maiores investimentos.

A audiência pública foi coordenada pela Comissão de Finanças e Orçamento do Poder Legislativo, composta por Elstor Desbessell (PTB), Mathias Bertram (PTB) e Ari Thessing (PT). O projeto de Lei da LDO 2019 deve ser votado na sessão da próxima segunda-feira, dia 10.

Foram apresentadas 34 emendas pelos vereadores que contemplam as mais diversas áreas, entre elas a pavimentação, obras, praças, ciclovias, repasse de recursos, rede elétrica, canalização de esgoto, oriundas dos vereadores Luizinho Ruas e Mathias Bertram, ambos do PTB.

Por parte da comunidade, o empresário Claudio Cariboni defendeu mais dispensa de recursos a serem investidos na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Cultura e Turismo. Ele disse ser fundamental se investir um volume maior na área de cultura e turismo, a fim de atrair mais turistas para o município. Citou, como exemplo, ações culturais promovidas pelo próprio município, bem como da Associação de Amigos da Praça da Matriz (Apriz).

O vereador e líder do Governo, Gerson Trevisan (PSDB) destacou os investimentos com maior volume nas áreas de Saúde e Educação. “O nosso município investe 25% na área de Saúde, e 31% na Educação, muito mais do que por lei precisa destinar. E mesmo assim, muitas vezes não são recursos suficientes”, observou.

Bruna Molz, do PTB, elogiou a previsão orçamentária na LDO para a causa animal. “Fico feliz em ver meu município destinando R$ 360 mil para o bem-estar animal, comparando com outros que não fazem essa previsão”, destacou.

O vereador Edmar Hermany (Progressistas) destacou o fato de poder usar a tribuna depois de mais de 30 dias. Ele elogiou a participação de Claudio Cariboni, como único membro da comunidade a participar da audiência pública e estar atento às questões orçamentárias municipais. Ele citou ainda a questão da responsabilização dos vereadores pelos problemas políticos que se encontra o País. “Nós colocamos diariamente a cara a tapa, pois estamos em contato constante com a comunidade.”

O presidente da Câmara, Bruno Faller (PDT) elencou dois pontos dentro da LDO, que são os investimentos em Educação, em especial na construção de EMEIs no Loteamento Viver Bem, e também na área de Cultura, que necessita de uma atenção maior.

O líder da Oposição, vereador Mathias Bertram (PTB) foi o último a se manifestar, salientando a importância do Turismo para o município. Neste sentido, citou emendas de sua autoria para pavimentação de ruas no interior do município, junto aos pontos de agroindústrias, que podem se tornar atrações turísticas. “Tenho consciência de que nossas emendas podem ser vetadas pelo Executivo, mas se tratam de demandas da comunidade, que no futuro o governo municipal precisará atender”.