Notícias

Câmara debate preço da passagem de ônibus

Outras 18/09/2018
Câmara debate preço da passagem de ônibus
Fotos: Jacson Miguel Stülp Texto: Jacson Miguel Stülp Jornalista - MTb/RS 9.692 Assessor de imprensa | Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Sul

A Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Sul realizou nesta segunda-feira, dia 17, uma reunião especial para debate do preço da passagem do transporte público. A sessão foi uma solicitação do vereador Mathias Bertram (PTB) e o objetivo, segundo ele, foi o de discutir com o poder público e a comunidade o valor do bilhete para o ano que vem. “Não podemos repassar para a comunidade o elevado custo do transporte. Precisamos encontrar alternativas”, observou.

Veja o vídeo da sessão aqui

A reunião foi conduzida pelo presidente Bruno Cesar Faller (PDT) e contou ainda com as presenças do secretário de Transportes e Serviços Urbanos, Gerson Vargas; o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Jeferson Gerhardt e o diretor do Consórcio TC Stadtbus, Ildemar de Oliveira Lopes, que presta serviços de transporte coletivo em Santa Cruz do Sul.

O vereador Mathias Bertram destacou que considera cara a passagem paga pelo usuário santa-cruzense e justificou dizendo que em São Paulo, o valor da passagem também é de R$ 4,00, sendo que o município banca ainda R$ 2,85. “Seria uma forma de se amenizar esse custo aqui em Santa Cruz. Que o município banque uma parte desse valor, para que não seja tão oneroso para a população”, salientou.

O empresário Ildemar de Oliveira destacou que os custos para colocar um carro novo na rua são de R$ 420 mil. “É um custo muito alto, sem contar com funcionários e o de combustíveis”, citou. O diretor do Consórcio TC Stadtbus, Ildemar de Oliveira destacou ainda que 30% do custo de cada passagem representa a passagem gratuita. E também relatou o problema do transporte clandestino, que vem prejudicando muito a atividade.

Alguns membros da comunidade também se manifestaram apresentando problemas corriqueiros que são enfrentados, como a falta da passagem integrada para quem precisa se deslocar para outros locais da cidade de forma simultânea, entre outros.